O epílogo do livro "El Hacedor" de Borges foi a grande inspiração para o nome da Labs, porque é o que mais nos explica, se é que algo pode fazê-lo. A Labirinto é um reflexo dos caminhos que percorremos, sejam os vividos ou os imaginados. É uma representação de quem somos, do que gostamos e do que almejamos como profissionais e como seres humanos. 

         Quando a Labirinto foi criada, da parceria dos cineastas Rodrigo Alonso e Gabriela Vernet, ela veio de um sonho compartilhado de caminhar - de pisar forte numa estrada que está em constante construção. De virar esquinas, reconhecer novos rumos e também recorrer ao início, se necessário.

      Continuamos firmes em nossa jornada de possibilitar que os caminhos da criação sejam abertos com competência e coragem, sempre respeitando o percurso e o destino de cada artista. Vamos juntos?

Um homem se propõe a tarefa de desenhar o mundo. Ao longo dos anos povoa o espaço com imagens de províncias, de reinos, de montanhas, de baías, de naus, de ilhas, de peixes, de moradas, de instrumentos, de astros, de cavalos e de pessoas. Pouco antes de morrer, descobre que esse paciente labirinto de linhas traça a imagem de seu rosto. 

Jorge Luis Borges

Ou porque fazemos o que fazemos

SOBRE A LABS